Quais os sinais de alerta para o câncer de pele

0
72

O crescimento do câncer de pele serve de alerta para reforçar os cuidados que devemos ter com essa questão. A falta de atenção quando nos expomos ao sol pode causar alterações de DNA em células localizadas na pele. Embora seja um dos tipos de câncer mais frequente, também é o com maior índice de cura. A grande parte dos casos é da família do não-melanoma, que não tem modificações na base da célula. Identificar os indícios o mais cedo possível ainda é a melhor estratégia.

Fique ligado!

  • Manchas pequenas de cor marrom

Não ignore sempre que surgirem novas machinhas, principalmente se não tiverem uma forma regular. Geralmente tem cor, densidade e tamanho diferentes das demais.

  • Modificações nas manchas

Criada por especialistas, a regra do abecedário pode ser seguida para guiar o paciente a identificar  melhor essa mancha.

A – Assimetria: quando uma metade é bem diferente da outra
B – Borda: não pode ser sem definição e irregular
C – Cores: podem se diversas, mais escura, descolorida e até mesmo cores como cinza, azul, rosa e avermelhada.
D – Diâmentro: pode ter até 6 milímetros
E – Elevação:  a textura é esponjosa e encorpada de forma irregular

  • Dificuldade em cicatrizar feridas

Quando as células apresentam alguma alteração maligna elas perdem o poder de regeneração.

  • Cor da mancha ultrapassa a borda

Se a mancha não seguir um padrão uniforme e o pigmento passar a se misturar com a pele no em torno da mancha fique alerta, pois pode ser uma alteração no funcionamento celular.

  • Processo inflamatório

Parece com uma irritação de pele, mas as bordas avermelhadas, que nunca melhoram, em volta da mancha demonstram uma inflamação.

  • Área sensível e dolorida

Se ao tocar você parar de sentir a área onde está a mancha ou perceber dor no local, faça uma  avaliação mais profunda com um profissional.

Qualquer dos sintomas acima serve de alerta para procurar um médico especializado e obter um diagnóstico preciso sobre o caso.

Deixe um comentário