Exército de Mianmar liberta 51 crianças soldados

0
133

Yangon, 5 Jun 2015 (AFP) – O exército de Mianmar libertou 51 crianças e jovens que foram engajados em suas fileiras quando eram menores de idade, anunciou nesta sexta-feira a ONU, o mais recente exemplo dos esforços da junta militar de abrir mão das crianças soldados.

“Saudamos a libertação das crianças, incluindo aquelas que tinham sido acusadas de deserção”, disse Renata Lok-Dessallien, coordenadora da ONU em Mianmar.

Este ano, 93 crianças e jovens foram reintegrados à vida civil.

No total, 646 crianças e jovens com menos de 18 anos se beneficiaram do acordo assinado em junho de 2012 com a ONU, para impedir o recrutamento de crianças e para a sua integração na vida civil.

Não há dados confiáveis sobre o número de crianças ainda inscritas no poderoso exército birmanês, que ainda é acusado de violações dos direitos humanos.

Vários grupos rebeldes de minorias étnicas, que iniciaram as negociações de paz com o governo para acabar com décadas de conflito, também são acusados de usar crianças como soldados.

Deixe um comentário