Este homem se envolveu em um acidente de trânsito e foi direto para o hospital. Mas o que médicos chineses fizeram com ele é inacreditável

0
14
Médicos chineses que fizeram crescer uma nova orelha no antebraço de um homem após ele sofrer um grave acidente de trânsito.
Guo Shuzhong, cirurgião plástico, realizou a cirurgia complexa durante um procedimento de sete horas.

Ele anunciou que o sangue estava fluindo com sucesso para a nova orelha direita do paciente Ji, que havia passado meses crescendo em seu braço. Dr. Guo, que trabalha no primeiro hospital afiliado da universidade de Xi’an Jiaotong na cidade de Xi’an, foi atribuído ao caso em 2016.
Segundo relatos, Ji, cuja idade e nome são desconhecidos, sofreu lesões graves no lado direito de seu rosto em um acidente de trânsito em 2015. Após as lesões, o homem recebeu várias operações cirúrgicas para restaurar sua pele facial e suas bochechas. No entanto, ele se sentiu frustrado por perder a orelha direita para sempre. O paciente disse anteriormente a uma reportagem do jornal chinês China News: “Eu perdi uma orelha. Sempre senti que não estou completo.
No entanto, o dano foi tão grave que os médicos não foram capazes de regenerar sua orelha sobre a cicatriz. Foi quando Dr. Guo decidiu “plantar” uma orelha artificial no antebraço de Ji – um procedimento feito em novembro do ano passado. A orelha realista, que foi modelada com a ajuda da tecnologia de impressão 3D, foi feita com cartilagem das costelas do paciente.
Ela foi então anexada ao antebraço sob um pedaço de pele expandida. A orelha pode crescer por vários meses até que os peritos a considerassem pronta para o transplante. Ji permanecerá no hospital sob observação por cerca de duas semanas até que sua nova orelha esteja em pleno funcionamento. Segundo Dr.
Guo, ele e sua equipe repetem o procedimento milagroso para cerca de 500 crianças por ano. Dr. Guo, um renomado cirurgião plástico, realizou a primeira cirurgia de transplante facial na China em 2006, segundo o jornal China Daily.
Fonte: roraimamais

Deixe um comentário