Doméstica grava assédio sexual e denuncia chefe no Recife

0
149

Uma empregada doméstica de 24 anos denuncia ter sido abusada sexualmente pelo chefe, no bairro das Graças, Zona Norte do Recife. Priscila do Nascimento Xavier fez um vídeo para entregar à polícia, no qual mostra as cenas de abuso.

“No início, ele passava a mão no meu pescoço e a mulher dele dizia que era normal, que ele fazia isso com todo mundo, que era um gesto de brincadeira”, relata Priscila. Ela conta também que o idoso fazia gestos obscenos e lhe oferecia dinheiro para fazer sexo com ele. “Aí, com o passar dos dias, ele começou a passar a mão nas minhas nádegas e a me oferecer dinheiro. (…) Ele mostrava os órgãos (sexuais) para mim, ficava atrás de mim, me oferecendo dinheiro para sair com ele, para fazer sexo oral comigo”, conta.

Com os constantes abusos, a doméstica decidiu não ir mais trabalhar. Mas, depois, voltou à residência para registrar os assédios do patrão. “Aí, voltei ao apartamento decidida a gravar o assédio. Porque ele é um homem muito influente, e decidi que não ia sair do trabalho assim”, diz a jovem.

Priscila diz que contou os abusos para esposa do chefe e que a mulher foi até a delegacia com ela e informou à polícia que o marido já havia assediado outras funcionárias, mas que não tinha provas contra o idoso. A Delegacia do Espinheiro investiga o caso. A equipe da TV Jornal procurou o aposentado, mas ele não quis se pronunciar sobre o assunto.

Vídeo
Fonte: