Como deixar o celular mais rápido em 2017

0
23

Uma das grandes vantagens do Android é que ele está disponível para todos os tipos de smartphones, desde os mais básicos até os caríssimos topos de linha. Mas essa vantagem também traz consigo um problema que afeta principalmente os donos de aparelhos mais básicos: lentidão e travamentos. É um problema crônico, mas que pode ser solucionado ou pelo menos amenizado depois de executar algumas rotinas que deixam o Android mais rápido e sem travar.

E não se preocupe, pois falaremos de dicas simples, porém efetivas, que não exigem que você faça root no seu aparelho. Então pode ficar tranquilo e seguir as dicas. Vamos lá?

Dica 1: desinstale apps desnecessários

Pouca gente sabe, mas os aplicativos têm um impacto significativo no desempenho do Android, principalmente nos smartphones mais básicos. Portanto, um dos motivos que podem estar fazendo seu aparelho travar é a quantidade absurda de apps que você tem instalada.

Verifique se todos são realmente necessários ou se tem um ou outro que pode ser desinstalado para aliviar o sistema. Menos aplicativos instalados significa menos processos sendo executados em segundo plano, menos memória RAM sendo usada e menos trabalho para o processador do seu dispositivo.

Atenção especial para apps mensageiros e de redes sociais, que normalmente ficam em execução mesmo quando não estão abertos, consumindo dados, processamento e memória RAM de maneira indiscriminada. Avalie quais você realmente utiliza e descarte os demais. É um bom começo.

Dica 2: organize suas páginas

Pode parecer bobagem, mas manter muitas páginas na sua tela inicial pode acabar impactando o desempenho do seu smartphone e deixá-lo lento. Portanto, é uma boa ideia dar uma organizada nisso para não deixar ele no sufoco.

Primeiro organize seus ícones e tente deixar a maior quantidade possível deles numa mesma página. Use e abuse das pastas, que permitem reunir vários ícones em um mesmo espaço, o que poupa espaço e deixa a interface menos poluída. Evite deixar ícones abandonados em uma página e traga-os para uma mais cheia.

Use e abuse das pastas para reunir aplicativos similares em um só canto. Com isso você poupa espaço e consegue organizar melhor seus apps na tela inicial
Use e abuse das pastas para reunir aplicativos similares em um só canto. Com isso você poupa espaço e consegue organizar melhor seus apps na tela inicial (Captura de tela: Sergio Oliveira)

Dependendo do seu aparelho, basta fazer isso para que a página sem ícones suma da tela inicial. Em outros aparelhos, mais notadamente os da Samsung, é preciso remover as páginas vazias manualmente. Para tanto, basta tocar e segurar na página e depois arrastá-la para a lixeira.

Evite deixar ícones de apps forever alone em uma página e os traga para junto de outros aplicativos em uma outra página. Dessa forma você elimina páginas que não estão sendo usadas e dá uma folga ao seu Android
Evite deixar ícones de apps forever alone em uma página e os traga para junto de outros aplicativos em uma outra página. Dessa forma você elimina páginas que não estão sendo usadas e dá uma folga ao seu Android (Captura de tela: Sergio Oliveira) 

Pronto, depois de fazer isso seu smartphone vai poder respirar um pouco mais. Mas isso não é suficiente e precisamos fazer mais alguns ajustes.

Dica 3: desapegue dos widgets

Outro recurso que consome muita memória e processamento no Android são os widgets. Embora facilitem bastante a vida de muita gente, esses pedaços de software podem acabar com o desempenho do seu aparelho e contribuir bastante para drenar a bateria dele.

Se você tem uma certa compulsão pelos widgets, mas está vendo que seu Android não está dando conta do recado e travando o tempo todo, está na hora de desapegar. Analise quais widgets são realmente indispensáveis e escolha no máximo dois para manter na sua tela inicial.

Embora práticos, muitos widgets na tela inicial consomem uma quantidade considerável de recursos do seu Android. O ideal é ver quais realmente são indispensáveis e eliminar os demais
Embora práticos, muitos widgets na tela inicial consomem uma quantidade considerável de recursos do seu Android. O ideal é ver quais realmente são indispensáveis e eliminar os demais (Captura de tela: Sergio Oliveira)

Para os demais, toque e segure sobre eles e depois os arraste para a Lixeira/Remover que aparece na parte superior da tela. Nesse momento você deve ouvir mais um sopro de alívio vindo do seu smartphone.

Dica 4: papéis de parede estáticos

Papéis de parede animados estão bastante difundidos por aí e dão um charme a mais à tela inicial do Android, mas eles não só consomem mais bateria como também impactam o desempenho do sistema como um todo. Afinal de contas manter aquilo tudo animado exige um trabalho extra do seu aparelho, que poderia estar direcionando esse esforço para coisas mais importantes.

Em relação ao papel de parede do seu Android, fuja dos animados para economizar recursos e bateria
Em relação ao papel de parede do seu Android, fuja dos animados para economizar recursos e bateria (Captura de tela: Sergio Oliveira)

Se você estiver numa relação de ódio com seu smartphone por ele não parar de travar e usa papéis de parede animados, está na hora de mudar e abraçar os tradicionais papéis de parede estáticos. Para isso, basta tocar e segurar em qualquer área vazia da sua tela inicial e selecionar a opção “Planos de Fundo”.

O próprio sistema traz várias opções estáticas, ou você pode usar uma imagem da sua galeria pessoal
O próprio sistema traz várias opções estáticas, ou você pode usar uma imagem da sua galeria pessoal (Captura de tela: Sergio Oliveira)

Escolha uma foto da sua galeria de imagens ou uma imagem fornecida pelo fabricante do seu smartphone e pronto. Menos uma extravagância para seu aparelho lidar.

Dica 5: menos animação, mais desempenho

Depois dessas quatro dicas, é possível que você perceba seu Android travando menos e com um desempenho ligeiramente melhor. Contudo, também é possível que esses ajustes não tenham sido suficientes e tenhamos de cortar as animações de janela do seu Android pelo bem maior.

Para isso, acesse o menu “Configurar” do seu aparelho e role a tela até o fim. Selecione a opção “Sobre o telefone”.

Vá até o menu
Vá até o menu “Sobre o telefone” para ativar o modo de desenvolvedor do Android (Captura de tela: Sergio Oliveira)

Aqui, role a tela até encontrar a opção “Número da versão” e toque sobre ela repetidas vezes até ativar o modo desenvolvedor. Feito isso, retorne para a tela anterior e veja que surgiu a opção “Programador”.

Feito o passo anterior, perceba que surge uma nova opção nas configurações do seu aparelho
Feito o passo anterior, perceba que surge uma nova opção nas configurações do seu aparelho (Captura de tela: Sergio Oliveira)

Toque sobre essa opção e ative a chave do modo no canto superior direito. Feito isso, uma série de novas opções estarão disponíveis para você ajustar o seu smartphone. Porém, fica aqui o aviso: não mexa no que você não tem certeza.

Ative o modo Programador para liberar uma infinidade de novas opções de configuração. Porém tenha cuidado e não mexa no que você não tem certeza
Ative o modo Programador para liberar uma infinidade de novas opções de configuração. Porém tenha cuidado e não mexa no que você não tem certeza (Captura de tela: Sergio Oliveira)

O que estamos procurando aqui está na seção “Desenho”. Vá até ela e encontre as opções “Animação em escala”, “Escala de transição” e “Escala de duração da animação”. Toque sobre cada uma delas e as desative.

Finalmente, desative as animações na seção
Finalmente, desative as animações na seção “Desenho” para que seu Android tenha mais desempenho (Captura de tela: Sergio Oliveira)

Com isso seu Android não vai mais exibir aquelas animações de quando você abre, minimiza ou troca de app. Ao invés disso, a janela simplesmente aparecerá no display. É um sacrifício cosmético que tem um impacto significativo no desempenho e que pode devolver sua alegria de utilizar o seu smartphone.

Dica 6: libere espaço no seu Android

Se mesmo depois de todas essas dicas o seu Android ainda está travando, então a última esperança para salvá-lo é realizar uma limpeza e liberar espaço nele. Nós já falamos sobre isso aqui, então basta seguir as dicas que estão lá não só para se livrar dos arquivos que estão entulhando seu Android como também otimizar seu funcionamento.

E aí, curtiu as dicas? Tem alguma outra que pode ajudar quem está com o Android travando? Então deixe seu comentário aqui embaixo.

Fon

Fonte:

Deixe um comentário