Cirurgião gasta R$ 180 mil do próprio bolso para reconstruir rostos de paquistanesas destruídos por ácido

Asim Shahmalak, de Karachi, no Paquistão, se mudou para o Reino Unido após se qualificar como médico cirurgião.

Hoje com 56 anos, ele é reconhecido por seu trabalho com celebridades, como o modelo norte-americano Calum Best. Atualmente, se propôs a ajudar algumas vítimas do sexo feminino de ataque a ácido em uma missão completamente financiada por ele mesmo.

Shahmalak já gastou até o momento mais de R$ 180 mil reais de seu próprio bolso para reconstruir o rosto das vítimas paquistanesas, que foram destruídos em ataques de ácido, incluindo uma jovem mãe, Sidra Kanwal, que foi quimicamente atacada após recusar uma proposta de casamento.

A mulher sofreu ferimentos tão graves que seu filho de três anos inicialmente se recusou a morar com ela por ter medo de suas cicatrizes. Agora, ela primeiramente passará por um transplante de cílios na pálpebra esquerda para dar continuidade ao tratamento.

O médico, que é pai de dois filhos e morador da região de Cheadle, em Greater Manchester, Inglaterra, chegou a atuar como cirurgião do NHS (Sistema de Saúde Pública do Reino Unido). “Chorei quando ouvi suas histórias“, disse ele. “Ser mergulhada em ácido porque você recusou uma proposta de casamento? Até na Idade Média as pessoas eram tratadas melhores”.

Fonte: marechalonline

Deixe um comentário

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK