Atitudes simples que limpam as artérias e ajudam a emagrecer

0
66

As doenças do coração estão entre as principais causas de morte.
E isso no mundo inteiro.

Mas não é por acaso – o estilo de vida moderno, com alimentação industrializada e pouca ou nenhuma atividade física, é um fértil terreno para esta realidade. 

Uma dieta mediterrânea se torna um plano perfeito para quem precisa limpar as artérias. O bom é que o tratamento é feito de forma bastante natural.

A ideia é cortar os alimentos que fazem mal e impulsionar o metabolismo com exercícios aeróbicos e treinamento de resistência. Quem é fumante precisa fazer um esforço a mais: acabar com o vício.

Com essas recomendações, podemos evitar muitas doenças cardiovasculares. Isso porque impedimos que o colesterol e a gordura se acumulem nas paredes da artéria.

Caso contrário, eles só farão com que o fluxo de sangue para o coração seja reduzido, causando dores no peito e, em alguns casos, até a morte. A dieta mediterrânea é rica em fibras e pobre no mau colesterol.

Sendo assim, é necessário, por exemplo, substituir a famosa manteiga por gorduras saudáveis, como azeite de oliva extravirgem ou a pasta de gergelim (tahine).

Você deve investir em frutas e verduras, a fim de proporcionar uma saúde de qualidade ao seu coração. O excesso do colesterol ruim, os triglicerídeos – geralmente produzidos no fígado depois do consumo e álcool – e uma quantidade grande de calorias bloqueiam as artérias.

Ainda bem que nada disso é irreversível, com a alimentação correta, podemos reduzir o colesterol ruim e os triglicerídeos, além de estabilizar o açúcar no sangue.

Veja o que fazer para recuperar a saúde das suas artérias:

1. Evitar gorduras

A Associação Americana do Coração recomenda o controle de gorduras saturadas e trans. Por outro lado, deve-se aumentar o consumo de gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas.

É por isso que consumir manteiga, queijo, creme de leite e alguns outros produtos não é uma boa ideia. Uma dica muito boa é acrescentar frutos secos sem sal, sementes e peixes gordos, como o salmão e sardinha em sua dieta. Quanto à carne vermelha, se você não consegue dispensar, procure partes mais magras.

2. Reduzir açúcar e sal

O açúcar pode contribuir para níveis elevados de colesterol, além de contribuir para a obesidade. A Associação Americana do Coração defende que as mulheres não devem consumir mais de 6 colheres (chá) de açúcar por dia, isso é média de 100 calorias.

Enquanto os homens devem se limitar a 9 colheres (chá) de açúcar, ou 150 calorias. Mas o bom mesmo, no nosso entendimento, é parar de vez de consumir açúcar, especialmente o branco.

Da mesma forma, o sal também pode aumentar a pressão arterial e entupir as artérias.

3. Praticar uma atividade física

Exercícios físicos são fundamentais para a nossa vida. Se possível, pratique-os expondo-se ao sol, para absorver a preciosíssima vitamina D.

A caminhada é uma excelente opção de atividade física. Converse com seu médico para que ele possa definir a intensidade e seu tempo exato de atividade física.

Os alimentos benéficos, que podem não só evitar o entupimento das artérias como também combater, são:

1. Aveia e grão-de bico

A fibra solúvel da aveia e do grão de bico podem se ligar ao colesterol no sistema digestivo e removê-lo, antes mesmo que ele entupa as artérias.

2. Romã

Segundo pesquisadores, as propriedades antioxidantes desta fruta são capazes de limpar as artérias.

3. Alho

O que faz o alho ser tão especial na limpeza das artérias é o composto de enxofre. Isso porque ele pode baixar o mau colesterol, se comermos regularmente durante seis ou oito meses.

4. Abacate

Esta fruta é rica em gordura monoinsaturada, antioxidantes, vitaminas A, E e C, e  fibra solúvel. Por isso, o abacate reduzir o colesterol ruim e aumenta o bom.

5. Nozes

Comer de 50 a 100 gramas de nozes cinco vezes ou mais por semana pode reduzir significativamente o colesterol ruim. A ciência já provou que o consumo de nozes é excelente para o coração.

6. Ervas

Para diminuir o colesterol, o consumo da erva dente-de-leão é bem indicado. Outras ervas como açafrão-da-terra, cártamo e cavalinha também podem ser benéficas.

Como dissemos no início da matéria, não é só uma dieta bem balanceada que ajuda a desintoxicar as artérias, os exercícios físicos também. Separe meia hora, cinco vezes por semana, para combinar os exercícios aeróbicos com treinamento de resistência de intensidade moderada.

Se você já tem colesterol alto, deve ir aumentando aos poucos a intensidade do treino de resistência  moderada para alta. Mas isso tem que ser feito, claro, sob a supervisão do seu médico.

Este é um blog de notícia, Consulte sempre seu médico.

Fonte:  curapelanatureza

Deixe um comentário