Acusado por roubo chora quando percebe que a juíza foi sua colega de classe

0
116

Aquela velha história de que o mundo dá voltas provou não ser somente um ditado popular nesta semana. O emocionante encontro ocorrido nesta última terça-feira (30) entre um réu e uma juíza foi registrado em vídeo.

Décadas depois de terminarem os anos escolares, em Miami Beach – Flórida, dois colegas de classe se viram em lados bem diferentes na lei. No julgamento de um homem suspeito de roubar um carro nos Estados Unidos, a juíza Mindy Glazer reconheceu o réu, Arthur Booth.

Quando a juíza perguntou ao réu se ele frequentou a escola em Miami Beach, o suspeito fez uma pausa e depois se emocionou ao reconhecer Mindy Glazer. Ele não pode conter as lágrimas.

“Sinto muito vê-lo aí. Sempre me perguntei o que teria acontecido com o senhor”, disse Glazer, enquanto Booth continuava a chorar. “Ele era o garoto mais legal da escola, foi o melhor menino do ensino fundamental”, afirmou. “Eu costumava jogar futebol [americano] com ele, e olha o que aconteceu.”

Emocionada ao ver o colega naquela situação, ela o aconselhou: “Sr. Booth, espero que você seja capaz de mudar seu comportamento. Boa sorte. Triste é que na idade em que chegamos… espero que você seja capaz de sair desta situação bem e tenha uma vida boa.” Veja o vídeo na íntegra a seguir (em inglês):

Vídeo

De acordo com um relatório sobre a prisão, Booth foi flagrado dirigindo um Honda Accord que teria sido usado no assalto a uma residência. Quando a polícia tentou parar o veículo, Booth acelerou, dando início a uma perseguição.

Fonte: udointeressante

Deixe um comentário